Archive for the ‘ Life ’ Category

Untitled.

Sem título, não sei sobre o que escrever nem quais palavras usar pra começar este texto; mas bateu essa súbita vontade.  Então vou misturar ideias e pensamentos, provavelmente.

Cada vez que eu paro realmente pra pensar nessa vida, vejo como tudo é tão louco. Ao mesmo tempo que nos magoamos e choramos  com atitudes e palavras,  sorrimos e pulamos de alegria com coisas tão simples, mas tão valiosas: um abraço, um carinho, uma doçura feita sem espera de um retorno.  A vida não é uma reta constante, isso seria fácil demais. É curvilínea, com extremos e oscilações: pontos muito baixos, outros altos. É tudo questão de momento, de perspectiva. A vida é um belo jogo de expectativas, desejos e forças. Não adianta você ter a força pra encarar os problemas, se não souber desejar e buscar o que te faz bem; aliás, isso faria de você um ímã de problemas, é claro. Por outro lado, não adianta desejar o céu se você não se dispõe a lutar e se entrega no primeiro tombo. Believe me, vários obstáculos e pedras serão jogados no seu caminho, cabe a você pensar se vale a pena ou não seguir enfrentando-os.

E é dessa adversidade que você tira motivos e força pra se reerguer. Por pior que as coisas sejam, preserve sua alma. É ela que vai te acolher nos momentos ruins e é ela que você jamais deve desistir.

Sorria mais, ame mais, grite mais, pule de alegria, chore, abrace, beije, diga milhares de “eu te amo” se isso for real, dê valor a quem merece, elimine os maus sentimentos e pessoas que não são dignas do seu coração e afeto. VIVA mais. Aproveite o tempo, não o desperdice, não se arrependa nunca do que poderia ter feito, mas optou por desistir no meio do caminho. You’re worth it, go ahead and try.

Anúncios

O tempo passa, a saudade fica.


Os dias passam,  as lembranças ficam,  a saudade aperta. Bem lá no fundo do peito. Vontade que tudo voltasse desde o primeiro instante e fosse exatamente como foi.  Eu não mudaria nada, a não ser a despedida.  Dolorida, difícil, pior do que eu imaginava.  Sensação de perda, de medo, de tudo junto.  Faz parte, o coração conversa conosco às vezes, né?

Mas… isso passa também.  Os muros vão sendo criados, as certezas e coisas vão ficando mais claras a cada dia; o fato de eu querer que as coisas sejam sempre bonitas e encantadoras do jeito que foram, que cada vez seja mais bonito, especial e marcante. Porque são esses primeiros momentos que a gente vai, um dia, bem lá na frente… parar, olhar pra trás e lembrar de cada detalhezinho, por mais besta que pareça.  E sabe, por mais que existam inseguranças e medos que atinjam e passem pela cabeça por vezes, vale a pena arriscar. Só pra ter comigo a paz, boas sensações e sorrisos que você me trouxe.

Quero tudo de volta: abraços, carinhos, sorrisos, conversas, brincadeiras, olhares… TUDO. 🙂 e essa distância, essa dorzinha que incomoda quando a saudade tá acumulada.. faz ter certeza de que, ao menos, é REAL. E isso fará com que fique mais forte, que seja ainda mais bonito e intenso daqui pra frente.. E onde quer que esteja, eu estarei aqui pra apoiar, pra dar a mão, pra sorrir quando seus dias estiverem fechados e esperando ter essas sensações e alegria toda de volta.

Volta? ❤

Mania de grandeza.

Defeito? Qualidade? Meio-termo?
Quanto vale arriscar e seguir pra conseguir o que se quer?
“TUDO”, muitos diriam. “Nossa, que pessoas egoístas e com manias de grandeza. Parecem gigantes em terras de anões, saem passando por cima dos outros só pra algo tão bestinha..”. ERRADO. Alguns, mais acanhados, deixam-se pisotear e não sabem impor suas vontades, e acabam por esconder no fundo gaveta algo que é combustível pra movimentar a si mesmo em momentos duros e de decepções.

Sonhos. Eles são como uma árvore: vão se renovando aos pouquinhos e bem lentamente, criando novas raízes e galhos, esses que acabam por criar alternativas ou dúvidas. Depende da maneira que você enxerga e encara os obstáculos aos quais (caso já não tenha), irá se deparar na sua vida. Quer saber..  Entre um extremo ou outro, eu prefiro arriscar e ver aonde eu vou chegar. Por pior que seja a perda, as dores e os erros, tudo é aprendizado no fim. Bem melhor do que se acanhar e deixar de aproveitar oportunidades que possam passar por você. E podem não voltar, right? É a sensação do “e se…”, nada pior.

Então, por fim, talvez eu seja alguém com mania de grandeza, exista uma gigante dentro de mim encoberta e falseada pelo meu exterior pequeno e frágil. Sei o que quero, do que sou capaz e de onde quero chegar. Desistir não é palavra que sou adepta ou estou acostumada a lidar com. Ao menos, minha mania de grandeza é do bem: não piso em ninguém, não passo por cima de ninguém, mas nenhuma pessoa é capaz de rebaixar o que eu quero ou diminuir a minha vontade de chegar lá.. ou me desencorajar. Quem quiser fazer isso, que faça. Haters gonna hate.

… Mas no fim, eu vou ter que decepcioná-lo(a) com um aberto e sincero sorriso no rosto. Got it? 🙂

Keep your faith.

Picking up the pieces of my heart left on the floor
Like it was written in the stars
That I was meant for something more
Now I’m one man army fighting everybody’s war
Will I survive? I must survive

The world is on my shoulders, so much pressure to prevail
This is the story of my life
And it’s a sad and lonely tale
So what’s the point in trying if your destiny is to fail?
You won’t survive, but I must survive

I’m on the run from everyone
Where moons and suns collide
My back’s up against to wall
I’ll never fall…

Horizontes da vida.


Horizontes da vida. Tantos caminhos opostos e escolhas a fazer.
Nem sempre a gente escolhe o que é certo, ou às vezes não era pra acontecer.
Dias de chuva e tempestade vêm, tomam conta de tudo e nos deixam cegos.
O que é real em tudo isso? Mais uma bela pergunta sem resposta.

A busca incessante pela felicidade.
Pois é, que venham os dias de sol e o arco-íris,
pra tirar as nuvens e gotas d’água sob mim.
E dar-me de volta as perspectivas que sempre tive comigo.
Sem pressa, sem limites.
O que importa é não desistir.

Life is (…)

Life is a chance, make use of it. Life is beautiful, admire it. Life is happiness, enjoy it. Life is a dream, make it reality. Life is a challenge, take it. Life is a responsability, do it. Life is a game, play with it. Life is a promise, keep it. Life is sadness, overcome it. Life is a song, sing it. Life is a tragedy, face it. Life is an adventure, go through it. Life is a luck, take it. Life is so precious, preserve it. Life is life, so strive for it.


If it makes you happy (…)

I promised you I’d never give up
If it makes you happy
It can’t be that bad
If it makes you happy
Then why the hell are you so sad?

And everywhere in between
Well, o.k. we get along
So what if right now everything’s wrong?
Whatever you want, you can get it, if you believe.

Seria tão mais fácil se a vida fosse uma simples passagem, com destino traçado, roteiro esquematizado, e menos obstáculos para impedir as coisas de dar certo.  Não é assim, não é fácil, não é simples. Talvez esse seja o motivo de, quando conseguimos algo que queremos TANTO, a alegria ser maior e o momento, mais especial!

Falo disso incessantemente,  ninguém nesse mundo tem o direito de desencorajar alguém.  Se existe algo nessa vida que, apesar de tudo, é capaz de arrancar um sorriso seu, vá atrás disso. O início pode ser desencorajador, o durante melancólico, mas no fim, tudo acaba dando certo, e tudo vai valer muito a pena. A nossa vida não tem um destino traçado, somente linhas vagas e desconectadas, cabe a cada um de nós escolher qual caminho seguir e ir atrás do que coloca um sorriso em nosso rosto e acalma o nosso coração.